ABERTURA DA MISSÃO DIOCESANA EM ITAETÉ

Na manhã desta segunda feira, 10 de julho, chegaram à Paróquia Nossa Senhora das Graças, Itaetê-Ba, para participar da Missão Diocesana cerca de 120 missionários(a)s, vindo das mais diversas cidades da diocese e também de outras, como os padres, seminaristas e irmãos(as) da Congregação dos Sagrados Corações, que vieram de Minas Gerais para participar da missão pelo segundo ano consecutivo. A missão diocesana é um momento forte para viver a comunhão eclesial e a pastoral de conjunto.

Neste primeiro dia, tivemos a acolhida e apresentação dos missionários; mística inicial; apresentação da realidade social, cultural e eclesial; objetivos da missão e seus passos; apresentação do cronograma da missão; aspectos da espiritualidade missionária; divisão dos trabalhos e missionários para as comunidades.

Cheios de esperança, os missionários partilharam suas expectativas.

Segundo o Seminarista Eduardo Vicente de Oliveira, da Congregação dos Sagrados Corações, “a missão é uma ferramenta de Deus para que aconteça a propagação do evangelho”. O jovem Willians Gomes, da Paróquia de Mundo Novo, participa pela primeira vez de uma missão diocesana, afirma que veio com o intuito de aprender, ensinar e evangelizar, pretende voltar para casa com novos conhecimentos para partilhar com sua comunidade. Pe. Vicente Hernandez, deseja que a comunidade que hoje recebe a missão, redescubra em si mesma a própria vocação missionária universal e que esta missão popular seja uma escola de evangelização para todos.

O Documento de Aparecida nos diz que “a firme decisão missionária deve impregnar todas as estruturas eclesiais e todos os planos pastorais de dioceses, paróquias, comunidades religiosas, movimentos e de qualquer instituição da Igreja” (n. 365). O Papa Francisco, na exortação apostólica Evangelii Gaudium convida a Igreja ao dinamismo da missão, fala de uma igreja em saída. É necessário romper com a comodidade e avançar para águas mais profundas, indo às periferias existenciais e sociais. Vanessa, missionária italiana, afirma que é maravilhosa a atitude dos missionários que não têm medo de sair da própria casa, do próprio conforto, para ir ao encontro do outro. A CNBB, através das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2015-2019), convoca a Igreja a estar em estado permanente de missão.

Este ano a missão tem como tema: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Objetivo geral: despertar nas lideranças um novo ardor missionário, a partir do encontro pessoal com Jesus Cristo, para a construção de um mundo novo no compromisso com a justiça e a paz. Objetivos específicos: 1-Fortalecer e fazer crescer em qualidade e quantidade a caminhada das comunidades; 2-Incentivar e animar os Conselhos Pastorais nas Comunidades (CPC) e a participação; 3-Preparar novas lideranças para assumirem com mais firmeza o compromisso de batizados na comunidade e na sociedade; 4-Suscitar no nosso povo o desejo de viver o seu batismo, o ser discípulos missionários de Jesus Cristo, vivendo em comunidade; 5-Despertar na juventude o desejo de viver com maior firmeza a missão de batizados, assumindo compromissos na vida da comunidade e contribuindo para a transformação da sociedade. 6-Estar presente e escutar as alegrias e tristezas do nosso povo; 6-Fortalecer o jeito de ser Igreja de CEB`S. Ainda foi lembrado aos missionários de destacar o valor da família e da iniciação à vida cristã.

Ao final das atividades, Dom André presidiu a Missa de envio na Comunidade Nossa Senhora das Dores. Impelidos pelo Espírito Santo, os missionários foram para as comunidades, na certeza de que em cada passo, Jesus está presente. Foram recebidos com muita festa, de modo que a alegria estava estampada tanto nos olhos dos que acolheram, como nos olhos dos que foram acolhidos. Na programação geral da semana, visitas ás famílias, escolas e hospital; encontros com lideranças, missas e celebrações nas comunidades. De acordo com Franciele Costa da Cruz, Missionária de Utinga Ba, “a semente será plantada, porém será necessário cuidar para que dê bons frutos, para isso é importante aprender com o agricultor a ter paciência, sabedoria e fé”.

 

ORAÇÃO DA MISSÃO

Trindade Santa,
que nos fizestes discípulos missionários
desde o nosso batismo:
Ensinai-nos  a cuidar
da vida em todas as suas dimensões,
para a construção de uma sociedade
mais justa e solidária.
Renovai em nossos corações o ardor missionário,
e a disponibilidade para sair e anunciar,
para seguir-vos e encontrar-vos
em todos os irmãos e irmãs,
principalmente nos mais pobres e necessitados.
Confirmai em nós o convite:
“fazei tudo o que Ele vos disser”.
Derramai sobre nossas famílias
os dons do vosso Espírito,
para nos ajudar a viver nossa fé unidos em comunidade
e despertar em nossos corações
um novo jeito de evangelizar.
Dai-nos força e coragem para
nos entregarmos totalmente ao serviço
do vosso Reino.
Abençoai-nos,

por Intercessão de Nossa Senhora Aparecida,
e todos os vossos santos e santas. Amém!

#pascomDiocesana

Liturgia Diária
Parceiros que nos apoiam
Curtam Nosso Facebook
Cúria

No CTL (Centro de Treinamento de Líderes) de Ruy Barbosa Rua Antônio Novais s/n, Folga, Ruy Barbosa.
(75) 3252-1001

Economato

Segunda a Sexta Feira das 09:00hs às 12:00hs e 14:00hs às 17:hs.
Tel. 075/3252.2106

Chanceler

Atendimento na Quarta Feira das 09:00 hs às 12:00hs.
Tel. 75 99234 0257 / 99820 5286