Seminaristas retomam as atividades no Seminário Bom Pastor

Estimados irmãos e irmãs,

Após um bom período de férias, nós seminaristas retomamos nossas atividades no Seminário Bom Pastor, iniciando o ano letivo de 2018. Somos gratos a Deus por sua generosidade em nos proporcionar um tempo tão fecundo junto aos nossos familiares, amigos e comunidade de origem, tempo de revigorar as forças, fortalecer a fé e voltar ao Primeiro Amor, robustecendo a vocação.

Tivemos a alegria de começar a caminhada do presente ano acompanhando nosso colega Valmir Santos no novo passo vocacional: no dia 04 de fevereiro ele foi admitido às Ordens Sacras e iniciou seu estágio pastoral nas Paróquias de Tapiramutá e Piritiba. Isso para nós é motivo de júbilo porque continuamos a ver nosso Seminário dando seus frutos, no serviço ao povo de Deus, na Diocese de Ruy Barbosa. Rezamos e torcemos por Valmir que, em breve, deverá ser ordenado diácono e, posteriormente, presbítero.

Nossa casa este ano está com um rosto diferente, aliás, está com vários rostos diferentes! Da nossa diocese, chegaram os três seminaristas que viveram, em 2017,  no Seminário Propedêutico Dom Mathias Schimidt, em Macajuba. São eles: Dorivaldo Júnior (Piritiba), Genivaldo Fernandes (Miguel Calmon) e Levi Cruz (Itaetê). Os três deram início aos estudos de Filosofia na Faculdade Católica de Feira de Santana. Da Diocese irmã, Juazeiro, já tínhamos morando conosco o seminarista Bruno Lima, que cursa o 2º ano de Teologia, no entanto, foram enviados mais três irmãos da referida diocese para iniciar os estudos de Filosofia residindo em nosso seminário, sendo eles: Carlos Arthur (Sento Sé), José Victor e Jefferson (Casa Nova). É motivo de satisfação para nós, podermos contar com a presença desses novos colegas em nosso meio, poder crescer em comunhão com eles e entre as nossas dioceses.

Ingressando no Seminário Propedêutico teremos a grata satisfação de receber nossos irmãos João Pedro Freitas (Boa Vista do Tupim) e Willians Gomes (Mundo Novo). Desde já, os parabenizamos pela disposição de se colocarem no caminho de seguimento a Cristo e contamos com as orações de todos pela perseverança de ambos.

Para um ano de inserção pastoral, o seminarista Oscar Silva estará nas paróquias de Nova Redenção e Ibiquera cujo pároco é o Pe. Mário. Vivendo um ano de discernimento nas paróquias de Miguel Calmon e Piritiba, estará o seminarista Nathan Santos, com a orientação do Pe. Giorlando Barbosa.

Nosso amigo e irmão Rodrigo Boaventura solicitou à formação uma parada no caminho vocacional dentro do Seminário e está de volta à sua comunidade de origem, na paróquia de Bonito, onde permanecerá engajado e mantendo-se à escuta da voz de Deus.

Quanto aos demais, seguimos nosso curso no projeto formativo da diocese, cada um em sua respectiva etapa: Fred Figueiredo (Ipirá) e eu, Cláudio Gonçalves (Miguel Calmon), seguimos no último ano de Teologia e, por conseguinte, último ano no Seminário. Arthur Almeida (Piritiba), Lucas Cerqueira (Baixa Grande), Rafael Nascimento (Boa Vista do Tupim) e Reginaldo Oliveira (Ipirá) fazem o segundo ano de Filosofia.

É válido salientar que, no Seminário, não apenas estudamos Filosofia e Teologia, esta é apenas uma parte da nossa formação; aqui também aguçamos os ouvidos da fé, na oração, para permanecermos à escuta do Senhor, o Bom Pastor, de modo que possamos crescer na amizade com Ele e nos tornarmos, antes de tudo, discípulos-missionários e, dia após dia, configurarmo-nos a Jesus, Sacerdote e Pastor. Também aprendemos, na convivência, o amor fraterno e a tolerância, somos ajudados a dar passos no conhecimento de si, de modo que possamos nos tornar homens integrados afetiva e humanamente. Além disso, não podemos deixar de falar de quão importante é para nós a experiência pastoral nas paróquias da diocese, onde os estudantes da Filosofia são colocados em contato com as “periferias humanas”, no serviço aos irmãos da Casa da Caridade, do Projeto “Levanta-te e anda” e do abrigo de idosos de Ruy Barbosa. Os seminaristas da Teologia vivenciam a dinâmica das comunidades e das pastorais a fim de ter cada vez mais identificação com o povo que, futuramente, irá pastorear, não por ser melhor, mas devido à missão confiada por Deus e pela Igreja.

Enfim, amigos e amigas, queremos concluir este texto agradecendo de coração a todos (as) vocês que, direta ou indiretamente, ajudam nosso Seminário. Sem vocês e sem a generosidade de tantas outras pessoas, não poderíamos ter padres nativos da nossa diocese. Agradecemos de modo especial a você que já se tornou um “Amigo do Seminário” e que tem contribuído mensalmente para nossa manutenção. Sabemos que não apenas o valor que é doado, mas particularmente suas alegres preces, têm sustentado nosso SIM a Deus e tem despertado novos corações que se oferecem para servir a Jesus e a seu povo através do ministério ordenado. Se você ainda não é um Amigo do Seminário, procure o quanto antes a secretaria de sua paróquia e saiba mais informações!

 

“A messe é grande, mas os operários são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe”.  (Mt 9, 37)

 

Um fraterno e cordial abraço,

Sem. Cláudio Gonçalves – 4º Ano de Teologia – Miguel Calmon.

Liturgia Diária
Parceiros que nos apoiam
Curtam Nosso Facebook
Cúria

No CTL (Centro de Treinamento de Líderes) de Ruy Barbosa Rua Antônio Novais s/n, Folga, Ruy Barbosa.
(75) 3252-1001

Economato

Segunda a Sexta Feira das 09:00hs às 12:00hs e 14:00hs às 17:hs.
Tel. 075/3252.2106

Chanceler

Atendimento na Quarta Feira das 09:00 hs às 12:00hs.
Tel. 75 99234 0257 / 99820 5286