RETIRO DIOCESANO – 2019

De 25 a 28 de março, a diocese de Ruy Barbosa, em espírito quaresmal e jubilar, reuniu-se para seu costumeiro retiro espiritual, este realizado no Mosteiro de Jequitibá, ambiente que oferece propícias condições para o recolhimento, oração e meditação. Estavam presente seu bispo d. André, sacerdotes, consagradas e consagrados e leigos e leigas.

O retiro foi assessorado pelo padre Walterson, da diocese de Juazeiro. Com muita propriedade, simplicidade e sabedoria, inspirado nos exercícios espirituais de Santo Inácio e em alguns escritos e meditações do cardeal Martini, nos proporcionou um rico conteúdo para nossas reflexões, as quais tiveram sua fonte inspiradora a figura de Moisés e as três fases de sua vida: os 40 anos no Egito, anos da juventude, dos sonhos, dos projetos; os 40 anos em Madiã, o tempo do silêncio, do recolhimento, de maturação; e os 40 anos a serviço do povo de Israel, para realizar o projeto de libertação proposto por Javé.

O método utilizado pelo pregador consistiu em colocações (uma pela manhã e outra pela tarde), seguida de algumas questões e textos bíblicos para meditação e confronto pessoal. O itinerário proposto para o retiro foi este: VIDA DE MOISÉS, VIDA DE JESUS, uma existência pascal. (Espelhar-se e confrontar-se na figura e trajetória de Moisés).

  • 1) Moisés, homem da Páscoa;
  • 2) Moisés, o Faraó e Nós;
  • 3) Moisés, o homem da palavra;
  • 4) Passagem do Mar Vermelho – Páscoa;
  • 5) Moisés o servo de Deus;
  • 6) Moisés, profeta sofredor;
  • 7) Morte e ressurreição de Moisés.

Estes sete pontos de reflexão sempre caminharam em paralelo com a vida e missão de Jesus. 

Cada etapa de reflexão foi precedida por momentos de oração e, no final de cada dia, a celebração eucarística. Tivemos ainda, o momento da celebração penitencial (com o sacramento do perdão) e a noite de adoração eucarística.

Quando estávamos chegando ao local do retiro, recebemos a triste notícia do falecimento repentino da mãe de pe. Giorlando, d. Maria José.
O bispo D. André, e alguns sacerdotes, no dia seguinte, se deslocaram para Ruy Barbosa para, em nome de todos, prestar solidariedade cristã ao nosso irmão e familiares. Demos graças ao bom Deus por mais este momento revigorante que nos proporcionou para nossa caminhada como “Igreja em saída”.

Confira alguns depoimentos:

“Na verdade, o retiro que preparei, é próprio para o tempo da Quaresma porque é um retiro sobre a experiência fundamental do povo de Deus na travessia dos 40 anos no deserto que é a experiência da Páscoa, então todo retiro já tinha uma dinâmica pascal e quaresmal.”

“O que eu gostei muito foi do jeito de ser Igreja daqui, o jeito do bispo, padres, leigos, se relacionarem como irmãos. Um pessoal sério, que reza com seriedade. Um pessoal comprometido com os pobres e que traz a realidade das comunidades. Para mim também foi uma riqueza de ver uma Igreja simples, fraterna, que tem relações iguais. Então, para mim foi uma alegria.”

Pe. Walterson (O assessor)

“Eu acho que foi um momento de interiorização. Um momento que a gente olha dentro, no fundo do coração e vai analisando cada situação. Eu acho que foi muito positivo. Eu saio daqui enriquecida, dando graças a Deus por isso!”

Dona Ditinha (Pintadadas)

“Esse retiro veio, de fato, fazer com que eu me encontrasse nessas etapas da vida de Moisés e de Jesus. E principalmente a etapa dos 80 anos de Moisés, um momento em que ele se questiona, esse momento de profunda oração. A mesma coisa que a Quaresma vem nos impulsionar. A quaresma pra mim não é nada diferente, mas é o momento em que eu adentro mais minunciosamente nesse mistério e o vivencio como deve ser vivenciado o ano todo.”

Ir. Amanda (Wagner)

“O retiro foi realmente um momento marcante em nossas vidas porque nos fortalece na caminhada, na nossa vida espiritual. E o retiro marcou enquanto presença significativa de Deus, sobretudo, vendo essas duas faces, a face de Moisés e a face de Jesus. A face de Jesus, claro, vendo a de Moisés, nos ajuda a espelhar também a nossa face no Cristo que vem para nos dar a vida, nos dar a salvação eterna. Por isso, o retiro foi esse momento de graça na vida de cada um de nós.”

Pe. Valmir (Piritiba)

Agradecendo também os irmãos do Mosteiro pelo sua acolhida, hospitalidade e espírito de serviço.

Liturgia Diária
Parceiros que nos apoiam
Curtam Nosso Facebook
Cúria

No CTL (Centro de Treinamento de Líderes) de Ruy Barbosa Rua Antônio Novais s/n, Folga, Ruy Barbosa.
(75) 3252-1001

Economato

Segunda a Sexta Feira das 09:00hs às 12:00hs e 14:00hs às 17:hs.
Tel. 075/3252.2106

Chanceler

Atendimento na Quarta Feira das 09:00 hs às 12:00hs.
Tel. 75 99234 0257 / 99820 5286