DOM ANDRÉ: mensagem sobre a 57ª Assembleia Geral da CNBB

Caros Irmãos e Caras Irmãs,

Certamente já viram e ouviram e continuam recebendo muitas notícias da 57ª Assembleia Geral da CNBB que acontece de 1 a 10 de maio em Aparecida. Este ano ela é eletiva e tem como tema central:

“Diretrizes Gerais para a Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil/ 2019-2023 (DGAE).”

Juntamente com todos os participantes da Assembleia espero que toda a Diocese reze para que a Assembleia alcance os seus objetivos, com as bênçãos de Deus.

Todas as manhãs às 07h30 celebramos a Missa com Laudes no Santuário Nacional antes de um programa cheio (4 sessões de uma hora e meia) no Centro de Eventos.

Em uma destas missas os representantes das 18 regiões receberam uma réplica da cruz para o Mês Missionário Extraordinário que iremos celebrar em outubro. Cada diocese irá receber a sua réplica “em casa” e iremos organizar a passagem animadora dela pelas paróquias.

Alguns pensamentos que quero partilhar.

Primeiro, o mês missionário especial quer destacar que a missão inteira tem, e precisa receber sempre, um valor extraordinário.
A missionariedade é uma característica essencial da igreja. O Papa Francisco insiste que devemos ser uma Igreja em saída.

Começa sim uma nova etapa na missão. A missão é de todos, mas existe uma divisão de tarefas e serviços específicos e temporários. Na segunda-feira, 6 de maio foram eleitos o novo presidente dom Walmor Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte – MG, o primeiro vice-presidente, dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre – RS, e o Segundo Vice-Presidente, uma novidade a partir deste ano, dom Mário Antônio da Silva, Bispo de Roraima. O artigo em IHU-Notícias coloca, com razão: “três bispos sensíveis aos apelos do Papa Francisco” e destaca que a pessoa de Dom Mário “foi ganhando importância pelo grande trabalho feito pela Igreja de Roraima na acolhida de migrantes venezuelanos” e que sua eleição “tem um significado especial em vista do Sínodo para a Amazônia, que será realizado em Roma de 06 a 27 de outubro (porque ele tem sido) sempre um dos mais ativos na Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM”.

No dia 7 foi eleito o secretário-geral: dom Joel Portella Amado, bispo auxiliar do Rio de Janeiro, completando assim a nova Presidência da CNBB que irá tomar posse no dia 10 de maio. Começaram também as eleições para os novos presidentes das 12 Comissões Episcopais Pastorais. Para a nova etapa, o novo quadriênio, também já foram aprovadas as novas DGAE.

Vejam o paralelismo com a nossa caminhada diocesana que para a continuidade e a renovação de coordenações quer seguir o ritmo quadrienal da CNBB e mais, que no seu jubileu de 60 anos está também num processo de atualização das suas Diretrizes.

Certamente continuaremos profundamente unidos com o Objetivo Geral da CNBB e de toda a Igreja do Brasil: EVANGELIZAR no Brasil cada vez mais urbano, pelo anúncio da Palavra de Deus, formando discípulos e discípulas de Jesus Cristo, em comunidades eclesiais missionárias, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, cuidando da Casa Comum e testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude.

Caros Irmãos e Caras Irmãs,

Que Deus, pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, abençoe copiosamente a Igreja do Brasil e do mundo e nos faça felizes na nossa missão.

Na corresponsabilidade, um abraço fraterno, em Cristo ressuscitado.

+ André

Liturgia Diária
Parceiros que nos apoiam
Curtam Nosso Facebook
Cúria

No CTL (Centro de Treinamento de Líderes) de Ruy Barbosa Rua Antônio Novais s/n, Folga, Ruy Barbosa.
(75) 3252-1001

Economato

Segunda a Sexta Feira das 09:00hs às 12:00hs e 14:00hs às 17:hs.
Tel. 075/3252.2106

Chanceler

Atendimento na Quarta Feira das 09:00 hs às 12:00hs.
Tel. 75 99234 0257 / 99820 5286